“A cada dia que vivo; mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade.”

(Carlos Drummond de Andrade)

quinta-feira, 22 de março de 2012

Palavras ferem mais...



   Tudo tão confuso, eu não percebia as palavras vindo na minha direção de forma indireta, ou percebia, mas não estava pronta para admitir.   Doeu...
   Não sou o que eu pensei que fosse...   Sou apenas...



D. Trugillo.

Nenhum comentário:

Himalaya

Slides e links de todas as postagens